Home / Saúde / Quais são os maiores benefícios do Tribulus?

Quais são os maiores benefícios do Tribulus?

Muitas pessoas já ouviram falar sobre o Tribulus terrestris e seus benefícios, mas poucas pessoas conhecem os efeitos colaterais Tribulus Power quando consumido de forma incorreta. 

Se você quer entender melhor sobre essa maravilhosa planta e seus efeitos colaterais, continue lendo a matéria!

Aumento dos níveis de testosterona

Quais são os maiores benefícios do Tribulus?

O principal campo de ação do Tribulus terrestris é o aumento dos níveis de testosterona no corpo de homens e mulheres. 

É a partir disso que os outros benefícios causados pelo Tribulus ocorrem, pois a testosterona é fundamental para o desempenho físico, resistência e ganho de massa muscular.

Um estudo realizado em seres humanos saudáveis ​​mostrou um aumento na testosterona e hormônio luteinizante usando uma suplementação de 200 mg por dia de um extrato contendo 60% de saponinas.

Especialistas acreditam que o Tribulus Terrestris é adaptogênico, dessa forma, ele atua ativamente para que a restauração do equilíbrio do organismo ocorra. 

Aumento da libido

O Tribulus é um dos ingredientes mais comuns nos suplementos naturais para tratar impotência sexual. 

Muito conhecido por trazer benefícios à homens e mulheres, sua ação está diretamente ligada ao aumento e equilíbrio da testosterona, dessa forma, gera um aumento na libido de forma geral. 

Além disso, estudos indicam que ação promotora de libido promovida por Tribulus terrestris pode estar relacionada a uma ação no sistema nervoso central.

Aumentando a sensibilidade ao sinal hormonal e não a uma ação androgênica intrínseca.

Um estudo em humanos demonstrou a ação do Tribulus em melhorar o bem-estar e a ereção sexual, confirmando o uso de ervas na medicina popular tradicional para este propósito.

Por esse motivo, o Tribulus é conhecido como “Viagra Natural”, e é utilizado no mundo todo como afrodisíaco. 

Benefícios para as mulheres

A testosterona atua de formas diferentes no corpo da mulher, assim também são os níveis necessários para o seu equilíbrio.

Estudos indicam que os efeitos adaptogênicos da planta também atuam dessa forma nas mulheres, causando inúmeros benefícios a estas. 

Alguns estudos indicaram a normalização da ovulação, o aumento da fertilidade e a redução dos sintomas pré e pós-menopausa. 

Ele também atua melhorando a libido, e é muito útil para o tratamento de reposição hormonal e por isso é mais indicado do que as  terapias tradicionais.

Diminuição do colesterol

O Tribulus também é muito indicado para pessoas que estão com o colesterol muito alto. Com uma reeducação alimentar, exercícios físicos e o uso do Tribulus, é possível reduzir o colesterol rapidamente. 

Vale esclarecer que o Tribulus sozinho não irá ter um resultado rápido e prolongado, a diminuição do colesterol necessita de dieta e exercícios.

Mas é possível incrementar a dieta com o Tribulus, consumindo ele com frutas ou bebidas não alcoólicas. 

Função renal

A riqueza de potássio de Tribulus Terrestris favorece a perfusão renal com consequente efeito diurético. Além disso, a ação urolítica dada por frações específicas de aminoácidos é capaz de dissolver pedras nos rins. 

Outros efeitos

Além dos benefícios citados acima, o Tribulus ainda é muito útil para outras situações, como:

  • Combater infecções do trato urinário; 
  • Combater infecções causadas por fungos; 
  • Tratar doenças venéreas;
  • Útil para psoríase ;
  • Contra a perda de cabelo. 

Efeitos colaterais Tribulus

Embora seja uma planta e seu uso em suplemento costuma ser 100% natural, por causar um aumento na testosterona no corpo humano.

Se usado de forma incorreta a pessoa pode sofrer com efeitos colaterais do Tribulus, confira os mais comuns:

  • Aumento na agressividade;
  • Crescimento de pelo no corpo;
  • Aumento do clitóris;
  • Alargamento da glândula da próstata;
  • Ginecomastia
  • Dores estomacais
  • Náuseas

Por fim, assim como qualquer outro remédio, mesmo que este seja de origem natural, seu consumo só é indicado após uma liberação médica, dessa forma, é importante consultar seu médico ou nutricionista, até mesmo para ter informações da dosagem adequada para cada caso. 

Sobre o Autor:

I´m Vasconcelos. Meu nome é Vasconcelos e escrevo para o ADPARK, sou brasileiro e vivo em São Paulo. Formei-me em Comunicação Social pela UNINOVE. Trabalhei anos como freela especializado Internet e agora estou escrevendo para diversos o blogs.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *