Home / Saúde / Zika Vírus assusta moradores da América do Sul

Zika Vírus assusta moradores da América do Sul

Nas últimas semanas um novo surto viral atacou países da América do Sul, principalmente o Brasil. A doença é conhecida como Zika, e está espalhada por diversos países sul-americanos. Enquanto pesquisadores trabalham para ver exatamente como a doença afeta o corpo, a infecção prossegue com sua caminhada em direção ao norte: depois de aparecer em Porto Rico no final de dezembro, o Zika chegou rapidamente perto de Houston, Texas.

Até alguns meses atrás, você nunca deve ter se deparado com o nome “Zika.” O vírus leva o mesmo nome de uma floresta localizada na cidade de Uganda, onde os pesquisadores reconheceram o vírus no ano de 1947.

Especialistas, no entanto, descobriram que o surto pode trazer consequências mortais e irreversíveis. No Brasil, local de grande incidência do caso, pesquisadores, intrigados com o aumento sem motivo aparente de casos de microcefalia, uma rara condição neurológica em que os bebês nascem com cérebros subdesenvolvidos, descobriram que o Zika Vírus é um dos causadores da doença. No país, três mil bebês nasceram com microcefalia decorrente do Zika.

No Brasil, o Governo nega que deu a instrução para que mulheres grávidas não frequentem o Norte/Nordeste do país, região com maior incidência do vírus, porém as mulheres estão com um medo paranoico de engravidar e contrair a doença.

“Até que se esclarecem as causas do aumento da incidência dos casos de microcefalia na região Nordeste, as mulheres que planejam engravidar devem conversar com a equipe de saúde de sua confiança”, diz o comunicado do governo. “Nessa consulta, devem avaliar as informações e riscos de sua gravidez para tomar a sua decisão.”

“Provavelmente a doença se espalhará em torno da América do Sul, América Central e Caribe nos próximos meses”, diz Paty.

Sem uma vacina disponível, os pesquisadores trabalham para evitar que mais populações sofram com a propagação do Zika.

Os Centros de Controle e as Agências de Saúde Pública sugerem que seus habitantes usem repelentes, evitem lugares onde o Zika Vírus já fez muitas vitimas, evitem picadas de mosquito usando mangas compridas, fiquem em lugares que tenham ar condicionado e usem telas nas janelas e portas.

Sobre o Autor:

I´m Vasconcelos. Meu nome é Vasconcelos e escrevo para o ADPARK, sou brasileiro e vivo em São Paulo. Formei-me em Comunicação Social pela UNINOVE. Trabalhei anos como freela especializado Internet e agora estou escrevendo para diversos o blogs.

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *