Home / Saúde / Quais são os tipos de afta?

Quais são os tipos de afta?

Nada é mais desagradável que ir a uma festa ou restaurante comer sua comida favorita e, de repente, acabar sentindo dores chatas ao mastigar.

Existem muitas causas para dores bucais, mas hoje iremos tratar de uma causa bem conhecida e chata, a afta.

Se você nunca teve, pode ser que já conheceu alguém com o problema, ou ainda o terá. Talvez já conheça um pouco sobre a ferida que casa tanta dor, mas aqui iremos expor outras informações.

Alimentos ácidos causam um verdadeiro estrago em contato com a ferida aftosa. A dor é imensa e o desespero de encontrar uma cura é o objetivo de muitos sofredores.

A afta também é alvo da crendice popular. Muitas pessoas conhecem diversos tipos de simpatias e tratamentos para curar a lesão aftosa, mas será que funcionam? Acompanhe este artigo e tire suas dúvidas.

O que é uma afta?

Afta é uma pequena lesão esbranquiçada, e podendo ser formada na região da gengiva ou do lado interno da boca.

Como bem falamos, a afta é dolorosa, e alguns alimentos e condimentos podem ativar e triplicar a dor. São os casos de frutas ácidas, vinagres e sal. Mesmo sem estímulos ácidos, só o fato de algum alimento esbarrar ali na ferida já é capaz de gerar dor.

Seu nome cientifico é Estomatite aftosa recorrente, patologia bem comum no Brasil. Tão comum que você mesmo a conhece. Na maioria das vezes é fácil de diagnosticar, não necessitando de médicos.

Como é uma “doença” que aparece sozinha e desaparece da mesma força, não é algo que cause muitos transtornos e agravamentos. Sua principal inconveniência a dor.

Existem três tipos de aftas

Afta menor, uma lesão pequena e que cura em pouco tempo;

Afta maior que causa uma ferida grande e dolorosa, demorando mais para curar;

E existe a afta herpetiformes que é bem mais dolorosa, grave e requer o acompanhamento médico. Ela é uma espécie de “colônia” de aftas, podendo aparecer de 10 a 100 aftas no mesmo local lesionado.

O que causa o problema da afta?

Não existe nenhum estudo capaz de comprovar realmente o que ocasiona a afta, mas a principal suspeita dos pesquisadores é a baixa imunidade.

Outros fatores que podem levar ao aparecimento das aftas são estresse, mordidas acidentais na boca, alguns alimentos e remédios.

O correto é não se privar de comer, evitando os alimentos que causam dor, se possível.

Como tratar a afta?

Contrariando o que diz a crendice popular, não utilize o bicarbonato de sódio, ou qualquer outro tipo de tratamento que a crença popular indicar.

A melhor maneira de cuidar das aftas é fazer bochechos com exangues bucais sem álcool.

Em casos mais graves é recomendado procurar o médico. Ele com certeza irá avaliar o melhor tratamento, podendo indicar uma pomada ou um remedio para afta, como anti-inflamatório, para aliviar a condição da ferida.

Se puder, dependendo de onde está instalada a afta, recomenda-se que evite mastigar alimentos naquela região da boca

Se a afta não regredir no prazo de 15 dias, procure a avaliação de um médico, pois pode ser que seja um caso mais grave de afta. É preciso investigar o que está ocorrendo e tratar com medicamentos mais assertivos.

Sobre o Autor:

I´m Vasconcelos. Meu nome é Vasconcelos e escrevo para o ADPARK, sou brasileiro e vivo em São Paulo. Formei-me em Comunicação Social pela UNINOVE. Trabalhei anos como freela especializado Internet e agora estou escrevendo para diversos o blogs.

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *