Home / Viagens / O melhor e o pior dos países da América do Sul

O melhor e o pior dos países da América do Sul

Eu passei os últimos dois anos da minha vida explorando quase toda a América do Sul. Claro, eu poderia ter economizado meu tempo em algum site especializado em viagens para organizar meu itinerário, mas não gastei!

No entanto, ao fazer meu próprio itinerário e também passar um tempo muito na América Latina, eu realmente descobri muito sobre cada país e sobre cada nação. Tendo atualmente viajado pelos países da América do Sul, sinto como se tivesse obtido boas informações sobre todo esse povo. Parece que eu descobri o que cada país tem para oferecer, também eu sei do que cada carece cada país que visitei. Decidi esclarecer exatamente o que cada um dos países sul-americanos tem de melhor, bem como o que cada país tem de pior.

Argentina

Melhor

Maravilhas Naturais: Eu sei exatamente o que você está pensando. Você estava pensando que eu iria falar sobre a carne, não é? Ah, você estava completamente errado. A realidade é que não há nenhum país na América do Sul com tantas maravilhas naturais como a Argentina. Impressionante! As Cataratas do Iguaçu, bem como a Geleira Perito Moreno podem ser consideradas umas das vistas mais bonitas da América do Sul.

Pior

Praias: Se praticar natação em águas laranjas de um rio é a sua ideia de uma prática aquática interessante, então Argentina é o local para você. Se você está procurando boas praias e águas tranquilas você com certeza vai preferir visitar o Uruguai ou Brasil.

Bolívia

Melhor

Paisagens: Desde o famoso Salar de Uyuni até a impressionante Estrada da Morte e de volta ao terreno acidentado Bolívia você vê paisagens de tirar o fôlego. Com certeza uma das paisagens mais lindas não só da América do Sul, mas do mundo. No meu ponto de vista a Bolívia é um dos melhores países para se conhecer no mundo.

Pior

Canções : Depois de meses na Bolívia eu certamente seria feliz se eu nunca tivesse ouvido música de flauta local na minha vida. Não me interpretem mal, músicas andinas são adoráveis, mas há tantas outras coisas melhores para se ouvir. Lembro-me nas montanhas que alguns locais diziam que o que estava tocando era música clássica boliviana, cada música durava cerca de 15 minutos, quase uma eternidade.

Brasil

Melhor

Festas: Sem sequer explicar o mundo do Carnaval , o Brasil leva fama de ter as melhores festas do mundo. Um fim de semana na Lapa, no Rio de Janeiro, certamente, vai mostrar para qualquer um como são boas e divertidas as festas brasileiras. Quando acontece o carnaval de rua a celebração é levada para outro nível, o país pára para que turistas e povo local façam a festa.

Pior

Carnes: Eu estava realmente ansioso para experimentar o famoso “Churrasco Brasileiro” antes de chegar ao Brasil. As quantidades ilimitadas de alimentos foram música para meus ouvidos. O fato, porém, é que, tirando a carne assada, o restante do que é oferecido torna-se frustrante se você tiver acabado de comer churrasco na Argentina ou no Uruguai.

Chile

Melhor

Vinho: Eu sei que isso é difícil de competir com a Argentina, pois o país tem excelentes vinhos. No entanto, diferente dos Malbecs, os vinhos chilenos são melhores em geral. As vinícolas entre Santiago e a Costa fornecem alguns dos melhores vinhos do planeta.

Pior

Estilo: Se você gosta de jeans rosa o Chile é o lugar ideal para você. A moda deixa a desejar, mas se você gosta de coisas bem alternativas adorará o estilo de se vestir chileno.

Colômbia

Melhor

Pessoas: Eu realmente não gosto de fazer uso do termo “melhores pessoas”. A realidade é que, em toda América do Sul, o povo colombiano realmente foi o melhor, mais receptivo e mais animado, tornando mais agradáveis as conversas. Eu não posso informar quantas vezes visitei o os supermercados e fiquei conversando com o pessoal na fila. Isso é uma coisa que não acontece em nenhum outro lugar no continente.

Pior

Reputação: A realidade é que a reputação é garantida. Esta é uma nação que ainda está em guerra quando a questão são as drogas, e a cidade também é uma ameaça para os turistas que não são cautelosos. As coisas estão, no entanto, transformando-se, assim se a violência diminuir torna o país ainda mais incrível.

Equador

Melhor

Vulcões: Não só o famoso Cotapaxi (que é o maior vulcão ativo no mundo), mas, além disso, o “Gigante Preto” Tungurahua, são os pontos turísticos mais incríveis do Equador. Além disso, embora não esteja ativo o vulcão Quilatoa é mais um lugar espetacular para ser visitado.

Pior

Ônibus: Não existem ônibus confortáveis no Equador. Eles são apenas ônibus velhos e capengas que andam devagar pelas ruas e estradas. Na hora de viajar você pode perder horas, dependendo do número de pessoas que estão à espera de condução. Perto de outros países há muito o que melhorar ainda.

Guiana Francesa

Melhor

Variedades de queijos: Eu não tenho muitos pontos fantásticos para expor sobre a Guiana Francesa, no entanto, após 2 anos em um continente sem excelentes queijos, come-lo na Guiana Francesa em uma das lojas de alimentos que encontrei por lá foi uma das coisas mais especiais da minha visita.

Pior

Sistema de transporte: Não há ônibus que percorrem a Guiana Francesa, para que você possa se locomover na cidade, você precisa pagar por um táxi coletivo. O preço cobrado é altíssimo, eles cobram 20 Euros por uma hora. Eu acabei pegando carona com alguns locais (bem eu não podia pagar o táxi). Na capital existem carros urbanos que circulam, no entanto, eles só passam a cada duas horas. É péssimo ter que esperar por eles.

Guiana

Melhor

Joias Ocultas: Várias pessoas nunca ouviram falar sobra a Guiana.Ao falar da Guiana é possível citar locais como Kaieteur Falls e também o Rupununi Savanas. Essas áreas são cheias de beleza e possuem lugares que nunca foram tocados.

Pior

Turismo: Para uma nação com muito a oferecer não há praticamente ninguém que ofereça um bom serviço de turismo. Não existe setor público de turismo, bem como pouco ou nenhum esforço tem sido feito em todo o mundo para atrair turistas os turistas para o país. Ok, isso pode ser uma coisa ruim para um povo. Para mim, é um país que precisa de uma mudança de postura em relação a mostrar para o mundo o que tem para oferecer.

Paraguai

Melhor

Promoções: eu visitei um café em Assunção que anunciava Wifi grátis. Sentei-me e pedi uma água, uma Sprite, e fui rapidamente servido. Cerca de 6 horas mais tarde, eu tinha consumido duas mini-pizzas, um grande presunto, bem como sanduíche de queijo, duas garrafas de água, um sprite, e também duas cervejas e por incrível que pareça gastei apenas seis dólares americanos (mais ou menos 18 reais na cotação atual). Da mesma forma, se você está querendo comprar aparelhos eletrônicos na América do Sul, o Paraguai é o lucrar certo para comprá-los.

Pior

Atrações Turísticas: Eu vou ser sincero, não há muito para ver no Paraguai. Sim, mereceu minha visita, bem como, sim, eu aproveitei totalmente o meu tempo lá. Mas além de Assunção, Chaco (se você tem dinheiro), Cerra Cora National Park simplesmente não é um grande negócio para os viajantes.

Peru

Melhor

História: A história do passado dos Incas do Peru é muito rica, possivelmente, um das mais ricas do mundo. Peru é considerado a terra onde teve inicio a civilização.  De Machu Picchu até as ruínas de Chan Chan a história do passado está lá, esperando para que você a experimente.

Pior

Armadilhas para Turistas: Caminhadas no Centro de Cusco te farão ficar craque eu dizer “não” ou simplesmente destituir os numerosos indivíduos que fornecem passeios como “masajes amigo Masajes?”. O Peru conseguiu fazer uso de turista para estabelecer sua economia e há hora que isso irrita profundamente os turistas. Lugares como as Ilhas Uros deveriam ser motivo de temor, no entanto, em vez disso, eles conseguem fazer do lugar algo atrativo e sem maiores perigos.

Suriname

Melhor

Diversidade Cultural: A partir dos povos nativos que viviam no Suriname, bem como habitantes das Índias Orientais, praticamente o mundo inteiro está representado neste pequeno país. É incrível ver uma mesquita à direita e perto dela uma sinagoga. Também é impressionante ver uma menina atrás do balcão de McDonald’s falar 4 línguas diferentes sem perder uma batida.

Pior

Mercearias: Eu nunca tinha visitado um país sem mercearias! Até ir para o Suriname. Sim, existem pequenas “lojas de conveniência”, porém todas com pouquíssimas coisas. É impossível fazer compras de mantimentos no Centro de Paramaribo, a menos que você goste de sopa de macarrão e coma barras de chocolate no jantar.

Uruguai

Melhor

Carne: Desculpem-me os argentinos que também oferecem uma carne impressionante. No entanto, o Uruguai pode fazê-la um pouco melhor. O Uruguai é o país onde mais se consome carne por pessoa e eles também dominam a preparação dos alimentos como poucos.

Pior

Vida Noturna: Eu preciso admitir, a vida noturna em Punta Del Este foi ótima, mas em Montevidéu foi lamentável. Alguns bares em uma estrada para mim não constitui vida noturna.

Venezuela

Melhor

Montanhas: Se você nunca viu as colinas da Venezuela procure uma foto no google. Procure por “tepuis” (o nome das colinas venezuelanas). Eles são espetaculares, locais impressionantes para explorar. Dado que os topos destas montanhas são difíceis de obter acesso, ou a fuga, a vida que existe nestas montanhas não existe em nenhum outro lugar no mundo. Há muita coisa para se explorar!

Pior

Registro de Segurança: Hugo pode ter sido o “campeão do povo”, e que poderia ser de verdade se os dados básicos referentes à igualdade econômica da nação fossem realmente melhorados ao longo dos anos. No entanto, o fato é que grande parte da Venezuela continua bastante perigosa para os turistas. De todos os lugares que visitei foi na Venezuela que me senti menos seguro. Ainda assim, é uma das mais belas, literalmente, nações da terra, e eu espero que a situação melhore para que o turismo se expanda mais.

Sobre o Autor:

I´m Vasconcelos. Meu nome é Vasconcelos e escrevo para o ADPARK, sou brasileiro e vivo em São Paulo. Formei-me em Comunicação Social pela UNINOVE. Trabalhei anos como freela especializado Internet e agora estou escrevendo para diversos o blogs.

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *